Nova Comissão de Ética Médica do Hospital Galileu toma posse

Tomaram posse neste mês, os novos membros da Comissão de Ética Médica do Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), unidade gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar. A solenidade foi realizada na última terça-feira (15), no plenário da Sede do Conselho Regional de Medicina do Pará, em Belém. Com a presença de representantes do Órgão e da Coordenação das Comissões no Pará, a equipe passou por um treinamento e recebeu o certificado que homologa a eleição.

“A Comissão de Ética Médica atua como uma extensão representativa do Conselho Regional de Medicina dentro de nossa instituição. Temos como objetivo o zelo pela prestação do atendimento médico de qualidade e nos preceitos éticos preconizados pelo Conselho Federal de Medicina”, explica a Médica e presidente da Comissão, Nonata Trévia.

A atuação da Comissão de Ética Médica está prevista em lei e foi instituída conforme resolução nº 1.157/2002 do Conselho Federal de Medicina, e tem como princípio fiscalizar e garantir o desempenho ético dos médicos dentro das instituições. Ou seja, ela irá identificar qualquer infração e, após uma análise interna, fará o encaminhamento ao conselho responsável.

“As comissões representam um posto avançado do Conselho Regional de Medicina, com a função de estimular boas práticas da ética médica e promover discussões a respeito da ética, qualidade e atenção médica dentro das instituições. Elas têm uma grande importância na difusão das boas práticas médicas e deverão encaminhar possíveis infrações ao CRM para análise”, esclarece a Coordenadora das Comissões de Ética Médica do Pará, Maria do Carmo Lobato.

A definição dos membros do Conselho ocorreu no último mês de maio em eleições realizadas entre o corpo clínico da instituição. Foram eleitos representantes nas funções de presidente, secretário, membros efetivos e suplentes. Todos irão atuar, diretamente, no processo ético-profissional do HPEG.

Comissão de Ética Médica

Os membros eleitos da Comissão de Ética Médica do Hospital Galileu são: Notana Lúcia Trévia da Silvia; Marco Antônio Leão Damasceno; Marco Túlio Martins Malheiros; Ana Carolina Naiff Rodrigues; Bruna Tereza Silva dos Santos e Larissa Von Grapp.

Sobre o HPEG

O Hospital Público Estadual Galileu (HPEG) é uma unidade de retaguarda, que atende média e alta complexidades, e presta assistência hospitalar em traumato-ortopedia, clínica médica e cardiologia. O hospital, localizado na Rodovia Mário Covas, nº 2253, é gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (SESPA).

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensora gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.