“Voluntários são tão importantes quanto um remédio”

Hospital Galileu promove homenagens aos voluntários que atuam em benefício ao próximo

A tarde desta sexta-feira (30) foi especial para o grupo de voluntários do Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), em Belém (PA). Em comemoração ao Dia do Voluntariado, lembrando no último dia 28 de agosto, colaboradores responsáveis pela comissão de humanização do HPEG organizaram um momento de homenagens entre os participantes, que puderam compartilhar a suas experiências enriquecedoras vivenciadas na unidade.

Letícia Chibata, que faz parte da Trupe de Palhaços Curativos, fala sobre essa experiência dentro do HPEG e a importância de um trabalho voluntário nas unidades hospitalares. “O voluntariado é tão importante quanto um remédio e um curativo. Nós enxergamos o paciente além da doença, mostrando que ele é muito mais do que aquilo que está passando no momento. Por isso, ficamos honrados pelo fato de o Hospital reconhecer a importância desse trabalho para seus usuários”, disse.

O momento foi de gratidão e reconhecimento pelo trabalho feito pelos voluntários, que atuam com musicoterapia, oficinas terapêuticas e “palhaçoterapia” dentro das enfermarias do Galileu, gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar.

Lidiana Sousa, responsável pelas ações humanizadas da unidade, demonstra todo o reconhecimento ao programa de voluntariado. “O trabalho dos voluntários ajuda muito na recuperação dos pacientes. Tudo que é feito aqui dentro, como as oficinas terapêuticas, refletem de maneira muito positiva nos usuários. Por isso, nós só temos a agradecer a atuação desses voluntários.”, disse.

Sobre o HPEG

O hospital Público Estadual Galileu (HPEG) é uma unidade de retaguarda que atende baixa e média complexidades, e presta assistência hospitalar em trauma-ortopedia, clínica médica e Cardiologia. O hospital está localizado na Rodovia Mário Covas, nº 2253. A unidade é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão Secretaria de Saúde do Estado do Pará (SESPA).

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.