Ex paciente do Hospital Galileu canta em homenagem ao dia dos pais

O Dia dos Pais é comemorado somente no próximo domingo, dia 11 de agosto. Mas, no Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), unidade do Governo do Estado do Pará em Belém, as comemorações acontecem desde a manhã desta sexta-feira (9). Pacientes, acompanhantes e colaboradores participaram de uma homenagem aos pais, feita por Luiz Aragão, ex paciente do HPEG, que cantou músicas e compartilhou um pouco da sua trajetória de vida com as pessoas presentes.

Luiz passou por alguns procedimentos cirúrgicos no Hospital Galileu após levar vários tiros pelo corpo durante um assalto que sofreu. “Há 7 meses eu estava internado aqui no Hospital. Tive um tratamento muito bom e fui atendido da melhor forma. E eu prometi que quando eu estivesse recuperado, iria fazer algum evento aqui. E hoje eu estou cumprindo a promessa”, explica Luiz, que teve sua saúde restaurada após o tratamento obtido dentro do HPEG, unidade gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar.

A homenagem faz parte da programação do Dia dos Pais organizada pelo HPEG. “Além da participação do Luiz, foram entregues brindes para os todos os colaboradores do Hospital que já são pais”, conta Lidiana Souza, responsável pelo setor de humanização do hospital.

Sobre o HPEG

O hospital Público Estadual Galileu (HPEG) é uma unidade de retaguarda, que atende baixa e média complexidades, e presta assistência hospitalar em trauma-ortopedia, clínica médica e Cardiologia. O hospital, localizado na Rodovia Mário Covas, nº 2253, é gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão Secretaria de Saúde do Estado do Pará (SESPA).

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.