Equipe de enfermagem do Hospital Galileu participa da “Semana do Prontuário Pai D’égua

O prontuário é um documento que possibilita uma clara comunicação entre membros de uma equipe multiprofissional e a continuidade do serviço prestado ao usuário dentro do Hospital. Pensando em garantir uma capacitação aos profissionais envolvidos na elaboração dos prontuários, o Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), gerenciado pela Pró Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, em Belém, organiza a “Semana do Prontuário Pai d’égua”, que iniciou nesta segunda-feira (22).

Durante a abertura, os participantes contaram com a participação da enfermeira Luciana Feitosa que ministrou uma palestra sobre o Código de Ética na enfermagem e a sua importância no trabalho exercido por profissionais de saúde dentro de um hospital. Além dessa ação, será ministrada, por profissionais do Conselho Federal de Enfermagem, a palestra “Os aspectos éticos e legais do prontuário”.

A semana do “prontuário pai d’égua” foi pensada pelo setor de auditoria de prontuários junto com a comissão de revisão de prontuários, da SAE (Sistematização de assistência de enfermagem) e de ética de enfermagem, pensando em uma capacitação para enfermeiros e técnicos de enfermagem. “O objetivo da ação é enfatizar com os colaboradores, principalmente os da enfermagem que são os que mais registram no prontuário, a importância de se fazer anotações coerentes, claras e objetivas nos prontuários. Assim, a assistência de qualidade do hospital só será evidenciada por meio desse registro”, explica a enfermeira Rafaela Braga, responsável pelo setor de auditoria de prontuários do HPEG.

As atividades seguem até a sexta-feira (26) e contarão com dinâmicas, orientações e palestras para toda a equipe de enfermeiros e técnicos de enfermagem do Hospital Galileu.

 

Significado da expressão pai d’égua: usada no Pará, no sentido de qualidade positiva, ou seja, legal.

 

Sobre o HPEG

O hospital Público Estadual Galileu (HPEG) é uma unidade de retaguarda que atende baixa e média complexidades, e presta assistência hospitalar em trauma-ortopedia, clínica médica e Cardiologia. O hospital está localizado na Rodovia Mário Covas, nº 2253. A unidade é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão Secretaria de Saúde do Estado do Pará (SESPA).

 

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

 

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.