Programação da II Semana Multiprofissional do Hospital Galileu agrada colaboradores

A II Semana Multiprofissional do Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), em Belém (PA), vem agradando os colaboradores da unidade ao aliar ensinamentos teóricos a brincadeiras lúdicas que testam os conhecimentos dos profissionais. A programação, que segue até sexta-feira ( 18/5), trouxe desde debates sobre administração segura de medicamentos potencialmente perigosos até brincadeiras, como torta na cara, forca e cruzadinha. O evento reuniu cerca de 90 colaboradores.

A técnica de enfermagem, Paula Betânia Cavalcante, é uma das profissionais que participa da iniciativa e conta que se sente estimulada, mais leve e sorridente. “A Semana Multiprofissional é importante tanto para atualizar o profissional quanto para incentivar, porque hoje é muito difícil ter um hospital que dê uma assistência como a que a Pró-Saúde dá aos seus profissionais e ao paciente”, afirmou. A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar é a gestora do Hospital Galileu, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Além do estímulo aos profissionais, a Semana Multiprofissional também celebra datas importantes do calendário da área da Saúde como: o Dia do Enfermeiro (12/5); Dia Nacional do Controle de Infecção Hospitalar (15/5); Dia do Assistente Social (15/5); e Dia do Técnico de Enfermagem (20/5). O tema escolhido este ano para a Semana foi ‘Medicação Segura: Prática de quem Cuida com Amor’.

“O tema foi muito bem escolhido. Se todos os lugares tivessem essa programação eu acredito que diminuiria muito o quadro de erros que acontecem na saúde”, disse a técnica de enfermagem, Paula Betânia.

Um dos diferenciais da programação deste ano foi a divisão em duas semanas: uma dedicada a parte teórica, de 7 a 11/5, e outra dedicada a parte lúdica, de 14 a 18/5. A diretora assistencial do Hospital Galileu, Daniela Castro, explica o motivo da divisão, já que no ano anterior a programação aconteceu ao longo de uma semana. “Este ano a equipe organizadora idealizou uma ampliação na programação, já que uma semana em si é muito corrida e às vezes não atingimos nosso objetivo, que é agregar conhecimento científico e melhorias nos processos. Percebemos que quando trazemos o lúdic, o aprendizado fica mais leve e mais assertivo, assim, optamos em trabalhar uma semana de alinhamentos teóricos e outra para colocar em prática tudo aquilo que foi abordado previamente nas mesas redondas. Outro diferencial foi quebrar as palestras em discussões multidisciplinares através das mesas redondas, o que tem possibilitado maior eficácia nos treinamentos, pois provoca proximidade entre os participantes”, afirmou.

A novidade agradou aos colaboradores, como afirma o enfermeiro Fabrício Tavares: “Eu gostei da divisão em duas semanas, porque como temos também as nossas atividades do dia a dia, a nossa rotina de trabalho, isso facilitou para que pudéssemos participar tanto das palestras quanto das brincadeiras”.

Encerramento e premiações

O encerramento da II Semana Multiprofissional acontece na sexta-feira, 18/5, às 15h, quando será revelado também o nome das equipes com a maior pontuação nas brincadeiras. Para participar das gincanas os colaboradores foram divididos em oito equipes e as três primeiras serão premiadas.

De acordo com a enfermeira da educação continuada, Wanessa Silva, apesar da semana ainda não ter terminado, o feedback dos colaboradores já é muito positivo. “Eles estão muito participativos. Gostaram das propostas e até agora só recebemos elogios”, ressaltou.