Semana da Conscientização da lavagem das mãos é feita no Hospital Galileu

O cuidado com a lavagem das mãos é fundamental. Dentro de um hospital essa atenção deve ser redobrada, levando em consideração o alto risco de doenças infecciosas que podem ser ocasionadas pela falta de higiene. Na última semana, o Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, em Belém (PA), organizou mais uma semana de conscientização entre os colaboradores sobre a importância do ato, dentro e fora do hospital. O evento faz alusão ao dia mundial de higienização das mãos, que acontece no mês de maio.

A ação, organizada pelo setor de controle de infecções do Hospital Galileu, levou orientações por meio de um vídeo demonstrativo sobre a maneira correta de se lavar as mãos e os cuidados necessários sobre o uso do álcool em gel. De acordo com Diego Santos, enfermeiro e coordenador do setor de controle de infecções, a medida é a mais eficaz no controle de infecção. “A conscientização faz parte do protocolo do plano de segurança do paciente em serviços de saúde, do Ministério da Saúde. Precisamos fortalecer essa medida que é simples, porém a mais eficaz no controle de infecções”, disse.

Durante as dinâmicas, a equipe utiliza um carro portátil de higienização que foi criado especialmente para as orientações: ele possui uma pia para que as pessoas possam treinar a lavagem, além de álcool em gel. E aproveitando o clima de festa junina, a equipe ainda montou uma barraca de pescaria, onde são feitas perguntas sobre o tema e quem acertasse ganharia brindes.

Ainda de acordo com Diego, é importante se atentar aos momentos em que a lavagem da mão é imprescindível. “Deve-se higienizar as mãos antes e após o contato com ele, antes da realização de algum procedimento e após entrar em contato com secreções ou áreas próximas, além da lavagem das mãos sempre que apresentar sujeira e o uso do álcool em gel”, orienta Diego.
A campanha teve duração de uma semana, terminando na última sexta-feira (28).

Sobre o HPEG

O hospital Público Estadual Galileu (HPEG) é uma unidade de retaguarda que atende baixa e média complexidades, e presta assistência hospitalar em trauma-ortopedia, clínica médica e Cardiologia. O hospital está localizado na Rodovia Mário Covas, nº 2253. A unidade é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão Secretaria de Saúde do Estado do Pará (SESPA).

Sobre a Pró-Saúde
A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço.O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.