Curso de cuidador de idosos chega a 8ª edição com mais de 200 formados

Gratidão. Essa foi a palavra usada por Valéria Rendeiro, aluna da 8° turma do curso de cuidador de idosos oferecido pelo Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), em Belém (PA), para descrever seu sentimento após o encerramento das aulas. “Todos os profissionais que ministraram possuem uma competência inigualável. E o nosso propósito foi alcançado: o de sermos qualificados e trabalhadores de competência. Só tenho a agradecer ao hospital e a todos que se propuseram a participar e repassarem seus conhecimentos”, diz Valéria.

O curso de cuidador de idosos, oferecido pela Unidade, gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa), formou até o momento mais de 200 pessoas. Os participantes procuram uma especialização profissional para garantir um emprego ou até mesmo cuidar de algum familiar. Marlene Dutra, aluna do curso, conta que a sobrinha fez participou das aulas há mais ou menos um ano e logo conseguiu emprego cuidando de um senhor em Belém. “Hoje, ela está em São Paulo trabalhando no cuidado de uma idosa”, conta Marlene, que já cuidou do pai e da sogra, mas hoje pretende trabalhar profissionalmente.

De acordo com Joabe Lopes, supervisor do setor de sustentabilidade do Hospital Galileu, os participantes manifestaram toda a dedicação durante as aulas. “A turma foi muito participativa. Demonstraram todo o interesse e empenho, sempre tirando suas dúvidas com os professores”, explica Joabe.

Cada edição do curso tem a duração de duas semanas e entre os temas abordados estão o cuidado com medicamentos, alimentação, políticas públicas e direitos da pessoa idosa, além de orientações fonoaudiólogas e higiene oral na terceira idade. A próxima turma deverá ser formada daqui a três meses e as próximas inscrições serão divulgadas no site do HPEG.

Sobre o HPEG

O hospital Público Estadual Galileu (HPEG) é uma unidade de retaguarda que atende baixa e média complexidades, e presta assistência hospitalar em trauma-ortopedia, clínica médica e Cardiologia. O hospital está localizado na Rodovia Mário Covas, nº 2253. A unidade é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão Secretaria de Saúde do Estado do Pará (SESPA).

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.