Responsabilidade social: projeto aproxima hospital e comunidade

Você conhece o hospital mais próximo do bairro no qual você mora? Sabe o trabalho que ele desenvolve para a comunidade e os serviços que oferece? Pensando em esclarecer essas e outras dúvidas, o Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), localizado em Belém (PA), iniciou, no mês de junho, o projeto “Bate-papo com a Comunidade”, que busca aproximar população e unidade. Quem mora nas proximidades do Hospital Galileu foi convidado para conhecer o trabalho que é desenvolvido ali e também para sugerir ações de promoção de saúde.

Rosana de Oliveira Alves, de 50 anos, que mora no bairro do Parque Verde, foi uma das pessoas que fez questão de participar do bate-papo. Ela já conhecia o hospital desde 2014, pois logo após a inauguração, sua mãe ficou internada mais de uma vez na unidade. “Quando surgiu a oportunidade desse bate-papo aqui, eu logo quis vir, porque eu sei que é um hospital que dá um suporte, é um hospital referência, então eu queria conhecer mais e falar para os outros também sobre as boas experiências que tive aqui”, afirmou.

Rosana é dona de casa e faz trabalhos voluntários para a comunidade do bairro em que vive. A partir do encontro, que aconteceu no auditório da unidade, e conhecendo mais sobre as ações que o hospital desenvolve, ela espera contribuir com o seu bairro. “Podem ser palestras sobre a importância do cuidado com o idoso, ações de orientação, vacinação, tudo isso seria muito bacana para a gente”, disse

Já Maria Amélia Silva, de 46 anos, que participava do curso de Cuidador de Idosos na unidade, e também compareceu ao bate-papo, tinha motivos bem pessoais para querer participar. Ela que é apaixonada pela área de saúde, sempre teve vontade de trabalhar na unidade. “Gostei muito! Esclareceu bastante as nossas dúvidas. Eu, por exemplo, tenho muita vontade de trabalhar aqui, então foi maravilhoso conhecer mais sobre o dia a dia do hospital”, declarou, sorrindo.

O projeto

O projeto “Bate-papo com a comunidade” foi elaborado ainda no ano de 2017, com o objetivo de integrar comunidade e hospital, assim como proporcionar uma reflexão sobre a importância de cuidar da saúde de forma preventiva. O projeto terá periodicidade semestral e levará para conversar com a comunidade, colaboradores das áreas de Sustentabilidade, Humanização, Gestão de Pessoas e até a Direção-Geral do hospital, que é gerido pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

“Cada pessoa que participa desse encontro e aprende como funciona o sistema de regulação de leitos do hospital, quais são as especialidades que atendemos, o nosso perfil, vai disseminar essa informação para outras pessoas, e a gente espera assim contribuir cada vez mais com a população dos bairros próximos a unidade, pois a nossa missão é cuidar de vidas”, explicou o diretor-geral da unidade, Saulo Mengarda.

O próximo bate-papo com a comunidade está marcado para o segundo semestre de 2018.