Hospital Galileu capacita colaboradores da Brigada de Incêndio

Segurança e prevenção. Essas são palavras que vão ficar na cabeça dos colaboradores do Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), localizado em Belém (PA), que fazem parte da brigada de incêndio da unidade. Desde a terça-feira (24/4), eles participam de um treinamento com o técnico em Segurança do Trabalho e bombeiro civil, Jean Farias, e a técnica de enfermagem e bombeira civil, Alessandra Rodrigues. O treinamento, com carga horária de 20h, termina nesta sexta (27/4).

“Neste curso, o diferencial é que, além de ensinarmos sobre primeiros socorros e plano de abandono da unidade, também estamos treinando a brigada para combater princípios de incêndio para que, caso ocorra um sinistro, o fogo não se alastre”, explicou a bombeira civil, Alessandra Rodrigues.

A unidade conta hoje com 26 brigadistas e é composta por colaboradores de diferentes setores e turnos do hospital. O diretor-geral do HPEG, Saulo Mengarda, explica que a brigada de incêndio exerce uma função muito importante dentro da unidade. “A responsabilidade dessa brigada é muito grande, pelo perfil do nosso trabalho. Somos um hospital e temos responsabilidade com a segurança dos nossos pacientes também, além dos colaboradores. Por isso, buscamos oferecer treinamentos diversos e constantes para que eles estejam atualizados e capacitados”, afirmou.

O treinamento teórico e prático aconteceu dentro do Hospital Galileu, unidade gerida pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Para os brigadistas, que já tinham recebido outros treinamentos fora da unidade, foi proveitoso poder treinar a parte prática no espaço físico do hospital.

A assistente administrativa, Lidiana Ferreira, que faz parte da brigada, afirma que hoje se sente mais segura para atuar em caso de sinistro. “Apesar de sabermos onde ficam localizados os equipamentos, poder treinar com o material que deveremos utilizar em caso de sinistro potencializa o treinamento. Conhecer esse maquinário, o espaço, e saber como tudo funciona, faz muita diferença”, declarou.

Dentro do treinamento, os brigadistas também foram orientados sobre a importância de prevenir incêndios, o que fez com que decidissem implantar reuniões mensais da brigada, onde serão discutidos pontos de atenção e melhoria. “Esse tipo de treinamento é muito importante, porque além de nos capacitar, reforça a importância dessa prevenção”, disse o auxiliar administrativo do SESMT e brigadista, Erick Santos de Araújo.

 Sobre a unidade

O Hospital Público Estadual Galileu (HPEG) é uma unidade de retaguarda, que atende baixa e média complexidades, possui 104 leitos e presta assistência hospitalar em traumato-ortopedia, clínica médica e cardiologia. É administrada pela Pró-Saúde desde sua inauguração, em 2014.